segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Dez homicidios registrados esse final de semana

Foto acorda cidade



A violência assombrou a população de Feira de Santana, o Núcleo de homicídios da policia civil registrou o final de semana entre dias (28 e 29/01/2012), como o mais violento do mês. Os crimes aconteceram nos bairros Santa Monica I, Fraternidade Francisco Pinto, CIS, FEIRA IX, Pedra Ferrada, 35 BI e Conceição I.

O primeiro homicídio ocorreu no inicio da tarde de sábado (28), por volta das 12h45min e teve como vitima o jovem Juliel Machado Pimentel de 24 anos, que residia na Rua Anápolis no bairro Santa Mônica, na rua em que o jovem morava.


Segundo informação de pessoas que não quiseram ser identificada “Juliel estava em frente a uma oficina de motos que ele era dono junto do seu irmão que estava lavando a moto quando dois elementos ainda não identificados se aproximaram e efetuaram dois tiros na cabeça e um na nuca” informou a testemunha.


Amigos e familiares da vitima “afirma que não sabe porque isso aconteceu já que o jovem era uma pessoa de bem que não tinha envolvimento com trafico, não tinha amizades ruins, sem inimigos todos gostavam dele e não tinha envolvimentos com mulheres comprometidas, tudo leva a crer que ele possa ter sido confundido com alguém.”


O corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT), para ser necropsia do. O crime será investigado pela equipe da 1ª Delegacia, a policia já começou a investigação.


Jovem é assassinado em Bar próximo do Rio Jacuípe

O segundo homicídio teve como vitima o jovem Tairam Leite Silva, 21 anos, que residia na Rua Casarão no bairro da Gabriela III, foi assassinado com vários tiros na tarde de sábado (28), quando se encontrava nas proximidades de um bar, que fica as margens do Rio Jacuípe.

Segundo o delegado José Carlos das Neves, o jovem estava acompanhado por um amigo (nome não revelado) que foi balado no braço, quando dois homens desconhecidos se aproximaram das vitima e deflagraram tiros em Tairam, sendo que, um dos disparos acertou o braço do amigo, que conseguiu fugir dos assassinos.

Ainda de acordo com a polícia, a vitima tinha entradas na delegacia e era acusado de matar uma pessoa, no ano passado, no bairro Rua Nova.

Foto Acorda Cidade




O terceiro,quarto e quinto homicídio foi contra Três jovens de 20 anos foram assassinados na noite deste sábado (28), na travessa Assembléia, transversal da Rua Roldão Alves Brasil, no conjunto Fraternidade, em Feira de Santana. Por volta das 19h uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) com apoio de viaturas da Guarda Municipal foi acionada para socorrer as vítimas, mas elas morreram no local.

De acordo com moradores que não quiseram se identificar, dois homens em uma motocicleta dispararam mais de 10 tiros contra Robson Soares da Silva, Edvan Santos Pereira e Josuel Ribeiro da Silva, que residiam no bairro Ponto Central.

Segundo informações, Robson conduzia a moto Titan de placa NTQ-1943 e ainda tentou fugir, mas caiu em um capinzal após ter sido atingido por quatro tiros na cabeça, nos braços e na testa.


Edvan Santos Pereira (camisa azul), morto com dois tiros, sendo um na cabeça e outro abaixo do ouvido direito, estava na moto Honda Titan de placa JRV 5132 com Josuel (camisa Branca).

O comandante da Guarda Municipal, Marcos Vinicius, pediu apoio a Polícia Militar para que o local fosse preservado. Ele conta que ao chegar à rua um dos homens ainda apresentava tremores pelo corpo, mas morreu momentos depois, não sendo possível o socorro. De acordo com ele, os tiros foram deflagrados a queima roupa.


A Rua Assembléia dá acesso a um matagal. Os policiais militares e os guardas municipais descobriram que existe uma "cabana" de mata nativa aonde provavelmente as três vítimas iam se encontrar, mas, antes do provável encontro os autores do triplo homicídio os aguardavam escondidos em um terreno baldio.


O triplo homicídio ocorreu ás 19h, mas só por volta das 22h é que a equipe do DPT (Departamento de Polícia Técnica) chegou ao local do crime. O levantamento cadavérico foi feito pelo delegado Augusto Vilas Boas que estava de plantão no Núcleo de Homicídios. As mortes serão investigadas pela 1ª CP (Circunscrição Policial).

Comerciante mata amante e depois comete suicídio

Policia é viola

O comerciante Fernando Santos da Silva, 41 anos, que residia no bairro Ponto Central cometeu suicídio no inicio da tarde de hoje, por volta de 12h30, após matar a cabeleireira Gilma dos Santos Cruz, 35 anos. O crime aconteceu no interior da residência da cabeleireira, situada na Rua Francisco Martins, no bairro Ponto Central, nas proximidades dos fundos da Jacuípe Veículos.

Familiares da cabeleireira afirmaram que a mesma tinha um caso amoroso com o comerciante Fernando há 10 anos, onde tinha uma filha de Um ano e Dez meses. Ainda de acordo com familiares da cabeleireira, os mesmos estavam brigados há 15 dias e quando foi hoje, Fernando chegou e começou e discutir a mesma e em seguida deflagrou um tiro acertando a cabeça dela e em seguida cometeu o suicídio deflagrando um tiro também em sua cabeça.

Familiares de Fernando afirmaram que o mesmo era sócio de um restaurante, localizado na rua São Domingos, no bairro Santa Mônica e que era uma pessoa boa, não demonstrava que tinha problemas, mas sabiam que o mesmo tinha uma filha extra-conjuugal.



INVESTIGAÇÃO

Investigadores do Núcleo de Homicídio, sob o comando do delegado José Carlos das Neves, que estava de plantão no núcleo afirmou que a princípio que é um homicídio e um suicídio, mas as investigações devem ter muitas cautelas, já que os jeitos dos copos serem encontrados não demonstram que aconteceu o homicídio e em seguida suicídio. “Vamos investigar, a perícia está no local e em breve daremos o resultado para sociedade”.
Sétimo

O jovem Adilson dos Santos Borges, 21, que residia no conjunto Feira IX, foi assassinado a tiros na madrugada de domingo (29), no Centro Industrial do Subaé (Cis), nas proximidades da indústria Belgo, quando estava na carona de uma motocicleta. Segundo a polícia, dois homens em um veículo de dados ignorados dispararam vários tiros contra a vítima.

Oitavo

Na manhã de domingo (29), um homem ainda não identificado, aparentando ter idade mínima entre 25 a 30 anos, que trajava calça jeans e camisa cinza foi assassinado com tiros “a queima roupa”, sendo que, o assassino ordenou-se que a vitima ficasse de joelhos, em uma estrada no bairro Pedra Ferrada.

Segundo a polícia ainda, o corpo também apresentava sinais de estrangulamento com um cinto que foi encontrado ao lado do corpo.

Nono
Foto Acorda Cidade

No final da tarde de domingo (29), Edmilson Sales do Carmo, 30 anos foi assassinado com quatro tiros de pistola, quando se encontrava no interior de um mercadinho, localizado na rua El Salvador, no bairro 35º BI.

Os corpos foram encaminhados para o Departamento de Polícia Técnica (DPT). Até o momento a polícia já registrou 32 homicídios em Feira de Santana, neste ano.

Décimo

Ainda na noite de domingo (29) Amilton Cerqueira dos Santos, 31, foi assassinado com vários tiros na rua Paracatu, nas proximidades do Mercadinho Santa Maria, no Parque Brasil, bairro Conceição. A vítima morava no mesmo no mesmo bairro onde aconteceu o crime.


Com Fotes do Acorda cidade e Policia é viola

Nenhum comentário:

Postar um comentário

jaco.binho@hotmail.com