Personalizado por: NOBUZÚ COMUNICAÇÃO. 75.8122-1022 | 9188-2430 | nobuzu@gmail.com. Tecnologia do Blogger.

quinta-feira, 17 de abril de 2014

Greve da PM: Mais duas pessoas foram assassinadas na cidade de Feira de Santana

A Polícia Civil, através da Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP) contabilizou mais dois homicídios ocorridos na cidade de Feira de Santana, nas últimas horas. Os crimes ocorreram no Conjunto Feira VI e no bairro George Américo.
Um homem ainda não identificado aparentando ter idade mínima entre 20 a 25 anos foi assassinado com vários tiros de pistola, no inicio desta noite por volta de 20 horas, nas proximidades da Avenida Trans-nordestina, no conjunto Feira VI. Não mais detalhes
sobre esse crime.

George Américo

 
 Um homem ainda não identificado foi assassinado com vários tiros nesta noite (16), por volta de 20h30, na localidade conhecida como José Ronaldo, no bairro George Américo. Segundo a polícia, o homem se encontrava em uma das ruas do conjunto, quando dois homens montados numa motocicleta se aproximaram e efetuaram os disparos.

Os tiros acertaram a cabeça e tórax da vitima, que não resistiu e morreu no local. Nas próximas horas daremos maiores informações sobre esses dois crimes.

Mais pessoas são assassinadas em Feira de Santana

 
Na avenida Padre José Anchieta, no cruzamento com a rua de Aurora , um jovem aparentando ter entre 20 à 25 anos de idade, também foi assassinado a tiros. Populares informaram que ele havia tentado assaltar um veículo, quando um homem armado em outro carro se aproximou e atirou contra sua cabeça.


Panorama 

Um homem ainda sem identificação foi morto com tiros no Conjunto Feira VII, nas proximidades do Supermercado G Barbosa. Ainda não há mais detalhes sobre esse crime.

 Eucalipto 

João Paulo Lopes de Oliveira foi assassinado na rua Potiraguá, no bairro Eucalipto. Segundo testemunhas, quatro homens armados em um veículo Gol, cor branco, com as mesmas características do veiculo que tocou terror na Agrovila passaram atirando também no Eucalipto. Os disparos atingiram João Paulo que, não resistiu e morreu no local. 

Bairro Agrovila
Homens a bordos de um Gol Branco matam duas pessoas na cidade

 








  
Quatros homens ainda desconhecidos pela polícia, a bordos de um veiculo Gol de cor branca e demais dados ignorados, são acusados de matarem duas pessoas na cidade no período de uma hora. Os crimes ocorreram na localidade de Agrovila, no bairro Mangabeira e no Eucalipto. Sendo que na Agrovila os criminosos atiraram em um grupo de pessoas, cindo delas foram baleadas. Uma não resistiu e morreu no local, enquanto quatro foram socorridas para o Hospital Geral Cleriston Andrade (HGCA).


 
A vitima que não resistiu aos tiros morrendo no local foi identificada como, Lucas Santos Lopes, 19 anos, que residia na rua C, na localidade da Agrovilla. Entre os baleados, Matheus Santos Lopes,17 anos, irmão de Lucas foi atingido por três tiros e socorrido ao HGCA com as outras três vítimas.  O estado de saúde das vítimas não foi informado.

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Policia registra 16 pessoas assinadas entre homicídio, auto de resistência e latrocínio em Feira de Santana

Policiais da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), juntamente com peritos do Departamento de Policia Técnica realizam nesta quarta-feira (17) das 10h30min até as 18h00min 16 levantamento cadavérico em Feira de Santana. As vitimas dos bairros Barroquinha, Gabriela, Rua Nova, Agrovila, Eucalipto, Tomba e Feira IIV.

Barroquinha
Foi assassinado por volta das 10h30min Carlos Alberto de Souza Filho de 29 anos que morava na Rua cordeiro no bairro Jardim Cruzeiro.

Segundo informação a vitima estava andando pela Rua Amilton Cohim bairro Barroquinha quando um homem ainda não identificado se aproximou e efetuou um tiro na nuca da vitima que morreu na hora.

Minadouro
Por volta das 11h00min foi assassinado um jovem identificado como Edvan Araujo Henrique de 25 anos que morava no bairro Gabriela.

Segundo informação de testemunhas a vitima estava na campainha de outro homem quando tentou praticar um assalto na Rua Carlos Valadares com a Rua São José localidade Minadouro quando um homem se aproximou e efetuou vários tiros acertando a vitima que morreu na hora em quanto o outro rapaz foi baleado mais conseguiu fugir em direção ao bairro Baraúnas.

O documento de uma moto Honda CG caiu próximo ao corpo, mas não foi possível identificar se pertence ao veículo utilizado por eles.

Rua José Falcão

Foi assinado no começo da tarde por volta das 12h40min, Israel Barbosa dos Santos foi assassinado no interior de um carro na Avenida José Falcão. Segundo informações, ele estava fazendo o transporte irregular de passageiros, conhecido como Ligeirinho, em um veículo Celta de placa policial ENY-2684 licença de Feira de Santana, quando foi alvejado. A autoria dos disparos é desconhecida.

Distrito da Matinha
Dois homens ainda sem identificação morreram em troca de tiros com uma guarnição do Pelotão de Cavalaria, sob o comando do tenente Sardinha. O auto de resistência (morte em confronto com a polícia) ocorreu no povoado Mantiba, distrito Matinha.

De acordo com o tenente Sardinha, a guarnição estava realizando rondas pela localidade quando avistou dois homens em atitude suspeita em um veículo Gol preto. Ao perceberem a presença da polícia, a dupla fugiu, batendo, em seguida, em uma cerca. Os suspeitos, então, correram para o matagal deflagrando tiros contra a polícia. O tenente informou ainda que enquanto ocorria a troca de tiros outros dois suspeitos chegaram por trás da viatura em uma motocicleta e também atiraram contra os pms. "A guarnição se protegeu, houve o revide e os elementos foram atingidos", contou.

Rua Nova
Foi assassinado Adinailton Carvalho dos Santos de 21 anos, que morava na Rua Menino Jesus, no Loteamento Monte Pascoal. O crime aconteceu por volta das 13h00min na Rua Montes Claros, no bairro Rua Nova.

Mais informação sobre os outros bairro em instante

terça-feira, 15 de abril de 2014

Policiais militares decretam greve por tempo indeterminado na Bahia

Foto: PM Divulgação
Os policiais e bombeiros militares da Bahia decidiram entrar em greve por tempo indeterminado. A decisão foi tomada em assembleia realizada no Wet'n Wild, no começo da noite desta terça-feira (15). A categoria rejeitou as propostas apresentadas pelo Governo do Estado de reestruturação e modernização da Polícia Militar.

A decisão foi anunciada pelo coordenador-geral da Aspra, Marco Prisco. Antes, vários PMs já cantavam: "ôooo, a PM parou".

Antes da assembleia, Marco Prisco, chegou a se reunir com o governador Jaques Wagner. O comando geral da Polícia Militar também se comprometeu a rever alguns pontos contestados pela categoria, como o Código de Ética e os processos disciplinares de PMs que participaram da greve no ano passado.

As opiniões antes da decisão divergiam. O major Ubiraci Vieira, da Associação dos Oficiais do Quadro Auxiliar, comentou a situação. "Por mim, não acontece greve", disse. Ele estava otimista de que eles chegariam em um consenso, mas afirmou que a decisão dependia da categoria - mais de 10 mil policiais estavam no local.

Já o deputado estadual Capitão Tadeu criticou a postura do governador Jaques Wagner. "Tá tendo conversa direto, tanto o governo quanto as associações, nós estamos conversando diretamente, estamos com toda boa vontade negociando, mas o governador, parece que ele não entende o que está acontecendo, parece que ele tá vivendo no mundo da lua, a situação é crítica e ele acerta uma coisa e faz outra, ele e a equipe dele", afirmou.

"A proposta dele tira parte dos absurdos que ele colocou no projeto, mas não altera a questão principal, que é melhorar o plano de carreira, porque um soldado não pode mais ficar com 28 anos sem promoção, como também a questão do salário. O governador fez planos de cargos e salários para diversas categorias, e pra Polícia militar ele deixou de lado". Ele afirmou que os PMs querem a negociação. "Essa tropa que está aqui está querendo conversar, negociar, mas não quer ser enganada pelo governador mais uma vez".
(Foto: Helen Carvalho/Correio de Futuro)

Proposta e críticas
A categoria, que reúne pelo menos 34 mil homens na ativa no estado, reivindica melhoria salarial, mudanças na política remunerativa, plano de carreira, acesso único ao quadro de oficiais, um Código de Ética, aposentadoria com 25 anos de serviço para a Polícia Feminina, aumento do efetivo, bacharelado em Direito para os oficiais, além de elevação de toda a tropa para o nível superior entre 2014 e 2018.

O governo tem até 180 dias antes do início do período eleitoral para remeter ao Legislativo qualquer projeto que provoque alterações salariais de servidores.

A assembleia desta terça-feira contou com as diversas associações da categoria, como a Associação de Policiais e Bombeiros e de seus Familiares do Estado da Bahia (Aspra), a Associação de Praças da Polícia Militar do Estado da Bahia (APPM-BA) e a Associação dos Oficiais da Polícia Militar da Bahia (Força Invicta).

O coordenador-geral da Aspra, Marco Prisco, já havia afirmado que as propostas sugeridas pelo Governo não agradavam. "As propostas que o Governo ofereceu para a gente não contemplam a categoria", disse.
(Foto: Helen Carvalho/Correio de Futuro)

Na segunda-feira (14), representantes das associações de policiais e bombeiros militares participaram de reunião com o secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa, e o comandante-geral da PM, coronel Alfredo Castro. O secretário garantiu rever alguns pontos apresentados aos policiais. Entre os itens propostos para revisão estão o código de ética, o plano de carreira e a promoção na corporação.

“Na quinta-feira passada, apresentamos a proposta do governo e desde aquele momento havíamos falado para todos que estávamos colocando aquilo para apreciação. Eles trouxeram uma análise do material. São propostas que vamos analisar e que estamos dispostos a revisar”, afirmou o secretário.

12 dias de greve
Em janeiro de 2012, os policiais militares e os bombeiros da Bahia realizaram uma greve que durou 12 dias. Cerca de 3 mil policiais ocuparam a Assembleia Legislativa, no Centro Administrativa da Bahia (CAB), durante a paralisação.
Policiais ocuparam a Assembleia Legislativa na greve de 2012 (Foto: Evandro Veiga)

Os policiais reivindicavam o cumprimento da lei 7.145 de 1997, com pagamento imediato da GAP V, incorporação da GAP V ao soldo, regulamentação do pagamento de auxílio acidente, periculosidade e insalubridade, cumprimento da lei da anistia e a criação do código de ética, além da criação de uma comissão para discutir um plano de carreira para a categoria.

Durante a greve, a Força Nacional de Segurança Pública e o Exército reforçaram o policiamento em Salvador. Os agentes foram distribuídos em locais de maior circulação de pessoas, como estações de transbordo, hospitais, e Terminal Rodoviário.

Fonte: Correio da Bahia/repórter Rafael Rodrigues

Homem é assassinado dentro de veiculo no bairro Papagaio em Feira de Santana




 Policiais da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), juntamente com peritos do Departamento de Policia Técnica realizam na noite desta segunda-feira (14) por volta das 21h00min mais um levantamento cadavérico em Feira de Santana.

Segundo informação a vitima foi identificado como Lucivaldo Alcântara Dutra de 42 anos que morava no bairro Mangabeira.

De acordo com informação da policia a vitima estava trafegando pela Rua Oriente no bairro Papagaio em um veiculo modelo Peugeot de cor branco placa policial JPM-6549 licença de Salvador quando foi surpreendido a tiros por um homem ainda não identificado que deflagrou acertando a cabeça da vitima que não resistiu e morreu no local.
 
O corpo da vitima foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica o DPT para ser necropsia do.

Preso acusado de assassinato dentro do Hospital Clériston Andrade

A polícia de Feira de Santana prendeu na tarde desta segunda-feira (14), José Ricardo Macedo Santos Leão, 21 anos, também conhecido como "Peroba", residente no conjunto Feira IX. Ele é acusado de matar Fabrício Lima, no interior do Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), na noite de sábado (12).

"Peroba" foi detido na Estação Rodoviária quando se preparava para fugir para Salvador. A arma do crime foi encontrada em seu poder. Na Delegacia de Homicídios (DHPP0, confessou o assassinato e não demonstrou nenhum arrependimento e ainda fez questão de posar com arma do crime, um revólver calibre 38.
Ele contou que matou José Fabrício, que era conhecido como "Chocolate" porque a vítima o ameaçava e tinha tirado a vida de amigo. Disse ainda que tentou matá-lo no Nova Esperança e que foi até o hospital para completar o crime.

O acusado não quis dar detalhes sobre o acesso dele e do comparsa ás dependências do HGCA, nem como sabia do quarto onde a vítima se recuperava de um tiro na perna.
Demonstrando frieza, "Peroba" disse que não se arrependia do que descarregou todas as balas do revólver em José Fabrício. Ele ainda ironizou por causa do apelido da vítima. " Chocolate morreu, a gente tem que comemorar. Chocolate foi embora antes da páscoa; comí chocolate antes da páscoa", finalizou.

De acordo com o delegado Ricardo Brito, Coordenador Regional de Polícia, informou que José Ricardo, o "Peroba", integra uma quadrilha que costuma agir na região do bairro Aviário. Ainda de acordo com o delegado, a polícia está investigando como ele e o comparsa entraram no hospital. Sobre o parceiro de "Peroba", o delegado disse que sua prisão deve acontecer nas próximas horas.

José Ricardo foi autuado em flagrante e será encaminhado para o Conjunto Penal de Feira de Santana.

RELEMBRE O CRIME
Dois homens armados conseguiram entrar no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), após pularem o muro dos fundos da unidade, percorrerem por quase todo o hospital em busca do alvo e após achá-lo no leito 114 da sala105, atiraram contra ele várias vezes. O fato aconteceu na noite deste sábado (12) na presença da mãe da vítima que chegou a ser ameaçada pelos assassinos. 

José Fabrício Lima dos Santos, 32 anos,  foi internado horas antes após sofrer uma tentativa de homicídio no bairro Nova Esperança. Atingido por um tiro na perna, José conseguiu fugir pedindo carona em uma carroça até o bairro Sobradinho, onde encontrou socorro no módulo da Polícia Militar em frente ao Colégio Assis Chateaubriand e foi levado ao HGCA.
Horas depois, quando se recuperava da cirurgia que removeu a bala, José foi surpreendido pelos mesmos homens que tentaram lhe matar anteriormente. Durando o crime, uma acompanhante de outro paciente, Maria da Anunciação de Jesus saiu ferida com um tiro de raspão na orelha.

Com os estampidos dos disparos, houve corre-corre dentro do hospital. Muitos pacientes e acompanhantes ficaram assustados e tiveram que receber atendimento médico. Na unidade haviam dois policiais de plantão, mas no momento do crime estavam no posto da PM que fica na entrada da emergência. A vítima morava na rua 7 de setembro, bairro Jardim Acácia.


Fonte: Central de policia e boca de zero nove

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Homem é assassinado a golpes de faca na Avenida de canal no bairro Rua Nova

Policiais da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), juntamente com peritos do Departamento de Policia Técnica realizam na tarde deste sábado (22) por volta das 17h20min mais um levantamento cadavérico em Feira de Santana. A vítima foi identificado como Leandro Jaí Silva de 32 anos que morava no bairro da Rua Nova.

Segundo informação a vitima estava andando na Avenida de canal próximo a casa das bicas quando foi surpreendido por um homem que desferiu golpes de faca acertando o tórax e abdômen da vitima que morreu na hora.

No local muito curiosos mais ninguém quis dar maiores informação quem poderia ter assassinado Leandro.
O corpo da vitima foi encaminhado para o Departamento de Policia técnica o DPT para ser necropsia do.

domingo, 13 de abril de 2014

Paciente é assassiando dentro do Clériston Andrade


Dois homens armados conseguiram entrar no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), após pularem o muro dos fundos da unidade, percorreram por quase todo o hospital em busca do alvo e, após achá-lo no leito114- sala105, acabaram atiraram contra ele várias vezes. O fato aconteceu na noite deste sábado (12) na presença da mãe da vítima que chegou a ser ameaçada pelos assassinos.


José Fabricio Lima dos Santos, 32 anos, foi internado horas antes após sofrer uma tentativa de homicídio no bairro Nova Esperança. Atingido por um tiro na perna, José conseguiu fugir pedindo carona em uma cachoça até o bairro Sobradinho, onde encontrou socorro no Posto da Polícia Militar em frente ao Colégio Assis Chateaubriand e levado ao HGCA.


Horas depois, quando se recuperava da cirurgia que removeu a bala, José foi surpreendido pelos mesmos homens que tentaram lhe matar anteriormente. Durando o crime, uma acompanhante de outro paciente, Maria da Anunciação de Jesus saiu ferida com um tiro de raspão na orelha.

Com os estampidos dos disparos, houve corre-corre dentro do hospital. Muitos pacientes e acompanhantes ficaram assustados e tiveram que receber atendimento médico. Na unidade haviam dois policiais de plantão, mas no momento do crime estavam no posto da PM que fica na entrada da emergência.

A vítima morava na rua 7 de setembro,bairro Jardim Acácia.

Irmão mata o outro a golpes de faca

Eles moravam juntos, bebiam juntos mas isso não impediu que a vítima Natanal Soares Florencio, 45 anos, fosse assassinada a golpes de faca no pescoço pelo próprio irmão José Rubens, conhecido como Kibinho. A mãe deles presenciou o crime e ficou em estado de choque, informou testemunhas.


O bárbaro crime aconteceu próximo a casa onde os irmãos moravam, na Rua Neturno, no bairro Jardim Acácia, em Feira de Santana, por volta das 11h deste sábado (12). Segundo a polícia, os dois estavam ingerindo bebida alcoólica durante o dia, e constantimente se desentendiam. Hoje, após uma nova discussão, José Rubens armado com uma faca de serra, desferiu os golpes no irmão, que chegou a correr até a frente da residência da tia, mas caiu morto.

No local, ninguém da família quis falar sobre o crime. O clima era de tristeza e revolta. A polícia foi acionada, mas não conseguiu prender o acusado. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) esteve no local juntamente com a Polícia Civil realizando o levantamento cadavérico.

Outro crime

No mesmo bairro, por volta das 19 h Lucas Santana Freitas, 17 anos, foi morto a tiros na rua Belo Horizonte bairro Jardim Acácia, em Feira de Santana. veja o video
O adolescente residia na rua da Penha, próximo ao local do crime.O corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT), a fim de ser necropsiado.

Homem é morto com requintes de crueldade


A polícia tenta identificar a autoria do bárbaro crime que chocou os moradores da Rua Nova Lisboa, bairro Santa Mônica 2 na madrugada deste domingo (13), em Feira de Santana. A vítima Nilton Cezar Correira dos Santos, 46 anos, foi encontrada dispida sobre a cama, com perfurações de faca no pescoço além de um pênis de borracha próximo ao corpo dando conotação que ele era homossexual.


Para tentar ocultar o cadáver, o (a) autor (a) do crime jogou cobriu o corpo com lençois e roupas e, em seguida, tentou atear fogo. De acordo com a delegada Clécia Vasconcelos, que presidio o levantamento cadavérico, a polícia apurou que vítima recebeu a visita de uma pessoa com quem tinha um relacionamento amoroso e horas depois o corpo foi localizado.


A delegada avaliou o crime como um homicídio com requintes de crueldade e afirmou que será fácil identificar a autoria.

Fonte: central de policia/Folha do Estado com fotos de Mário Sepúlveda e Marcos Valentim.
 
Copyright © 2013 FSA Metrópole™ - Traduzido Por: Templates Para Blogspot
Design by FBTemplates | BTT